segunda-feira, 17 de julho de 2017

NÃO CREMOS QUE O ATO DE DIZIMAR SEJA UMA PRÁTICA OBRIGATÓRIA PARA OS CRISTÃOS

   Nós porém, cremos e entendemos que a pratica de dizimar era uma obrigação apenas e somente para os judeus, pois  o dízimo foi criado por DEUS tão somente para o sustento da tribo de Levi, pois DEUS disse que os levitas não iriam se dedicar a nenhum outro trabalho que não fosse o sacerdócio no templo. No novo testamento não há nenhuma citação direta ou subjetiva que sugere ou sustente a obrigatoriedade do ato de dizimar para os cristãos.


  Pesquise diretamente na fonte, a Bíblia:

Foram encontrados 40 versículos em toda a Bíblia contendo a palavra "dizim":

GÊNESIS 14:
20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.

GÊNESIS 28:
22 então esta pedra que tenho posto como coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.

LEVÍTICO 27:
30 Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor.
31 Se alguém quiser remir uma parte dos seus dízimos, acrescentar-lhe-á a quinta parte.
32 Quanto a todo dízimo do gado e do rebanho, de tudo o que passar debaixo da vara, esse dízimo será santo ao Senhor.

NÚMEROS 18:
21 Eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, o serviço da tenda da revelação.
24 Porque os dízimos que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor em oferta alçada, eu os tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse que nenhuma herança teriam entre os filhos de Israel.
26 Também falarás aos levitas, e lhes dirás: Quando dos filhos de Israel receberdes os dízimos, que deles vos tenho dado por herança, então desses dízimos fareis ao Senhor uma oferta alçada, o dízimo dos dízimos.
28 Assim fareis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes dos filhos de Israel; e desses dízimos dareis a oferta alçada do Senhor a Arão, o sacerdote.
30 Portanto lhes dirás: Quando fizerdes oferta alçada do melhor dos dízimos, será ela computada aos levitas, como a novidade da eira e como a novidade do lagar.

DEUTERONÔMIO 12:
6 A esse lugar trareis os vossos holocaustos e sacrifícios, e os vossos dízimos e a oferta alçada da vossa mão, e os vossos votos e ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e ovelhas;
11 Então haverá um lugar que o Senhor vosso Deus escolherá para ali fazer habitar o seu nome; a esse lugar trareis tudo o que eu vos ordeno: os vossos holocaustos e sacrifícios, os vossos dízimos, a oferta alçada da vossa mão, e tudo o que de melhor oferecerdes ao Senhor em cumprimento dos votos que fizerdes.
17 Dentro das tuas portas não poderás comer o dízimo do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, nem os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas, nem qualquer das tuas ofertas votivas, nem as tuas ofertas voluntárias, nem a oferta alçada da tua mão;

DEUTERONÔMIO 14:
22 Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo.
23 E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus por todos os dias.
24 Mas se o caminho te for tão comprido que não possas levar os dízimos, por estar longe de ti o lugar que Senhor teu Deus escolher para ali por o seu nome, quando o Senhor teu Deus te tiver abençoado;
28 Ao fim de cada terceiro ano levarás todos os dízimos da tua colheita do mesmo ano, e os depositarás dentro das tuas portas.

DEUTERONÔMIO 26:
12 Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita do terceiro ano, que é o ano dos dízimos, dá-los-ás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem.

I SAMUEL 08:
15 Tomará e dízimo das vossas sementes e das vossas vinhas, para dar aos seus oficiais e aos seus servos.
17 Tomará o dízimo do vosso rebanho; e vós lhe servireis de escravos.

II CRÔNICAS 31:
5 Logo que esta ordem se divulgou, os filhos de Israel trouxeram em abundância as primícias de trigo, mosto, azeite, mel e todo produto do campo; também trouxeram em abundância o dízimo de tudo.
6 Os filhos de Israel e de Judá que habitavam nas cidades de Judá também trouxeram o dízimo de bois e de ovelhas, e o dízimo das coisas dedicadas que foram consagradas ao Senhor seu Deus, e depositaram-nos em montões.
12 Ali recolheram fielmente as ofertas, os dízimos e as coisas dedicadas; e tinha o cargo disto o levita Conanias, e depois dele Simei, seu irmão.

NEEMIAS 10:
37 e as primícias da nossa mas, e as nossas ofertas alçadas, e o fruto de toda sorte de árvores, para as câmaras da casa de nosso Deus; e os dízimos da nossa terra aos levitas; pois eles, os levitas, recebem os dízimos em todas as cidades por onde temos lavoura.
38 E o sacerdote, filho de Arão, deve estar com os levitas quando estes receberem os dízimos; e os levitas devem trazer o dízimo dos dízimos à casa do nosso Deus, para as câmaras, dentro da tesouraria.

NEEMIAS 12:
44 No mesmo dia foram nomeados homens sobre as câmaras do tesouro para as ofertas alçadas, as primícias e os dízimos, para nelas recolherem, dos campos, das cidades, os quinhões designados pela lei para os sacerdotes e para os levitas; pois Judá se alegrava por estarem os sacerdotes e os levitas no seu posto,

NEEMIAS 13:
5 e lhe fizera uma câmara grande, onde dantes se recolhiam as ofertas de cereais, o incenso, os utensílios, os dízimos dos cereais, do mosto e do azeite, que eram dados por ordenança aos levitas, aos cantores e aos porteiros, como também as ofertas alçadas para os sacerdotes.
12 Então todo o Judá trouxe para os celeiros os dízimos dos cereais, do mosto e do azeite.

AMÓS 04:
4 Vinde a Betel, e transgredi; a Gilgal, e multiplicai as transgressões; e cada manhã trazei os vossos sacrifícios, e de três em três dias os vossos dízimos.

MALAQUIAS 03:
8 Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.
10 Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.

MATEUS 23:
23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.

LUCAS 11:
42 Mas ai de vós, fariseus! porque dais o dízimo da hortelã, e da arruda, e de toda hortaliça, e desprezais a justiça e o amor de Deus. Ora, estas coisas importava fazer, sem deixar aquelas.

LUCAS 18:
12 Jejuo duas vezes na semana, e dou o dízimo de tudo quanto ganho.

HEBREUS 07:
2 a quem também Abraão separou o dízimo de tudo (sendo primeiramente, por interpretação do seu nome, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
4 Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu o dízimo dentre os melhores despojos.
5 E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que estes também tenham saído dos lombos de Abraão;
6 mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou ao que tinha as promessas.
8 E aqui certamente recebem dízimos homens que morrem; ali, porém, os recebe aquele de quem se testifica que vive.
9 E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos,

Antes de crer em palavras de homens, creia na palavra de DEUS.

Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com ) 


Compartilhar: 

Os Dízimos e ofertas da “Igreja Universal”

  Na facção religiosa denominada “Universal”, pratica-se o ensinamento anti-bíblico de que os dízimos e ofertas são considerados sagrados tanto quanto a própria Palavra de Deus.

 Isso mesmo! Basta procurar no site da referida facção religiosas para comprovar, e de acordo com a mentalidade de sua liderança os dízimos e as ofertas representam a fidelidade e o amor do servo para com o seu Senhor, e não param por aí, eles seguem afirmando que todos os que servem a Deus tem o direito a uma vida(material) abundante, e que o Senhor Jesus afirma no livro de João: “Eu vim para que tenham vida e tenham em abundância”.

  Então, de acordo com essa liderança , as bênçãos de Deus de prosperidade(material), de saúde, de emprego, espirituais, de libertação e de cura são derramadas ao fiel de acordo com o tamanho da oferta e do dízimo que são entregues nas mãos desses homens.


  O que se ensina de maneira muito evidente nesta facção religiosa denominada “Universal” é o conceito de troca, quanto mais dinheiro alguém entregar nas mãos dos líderes desta religião maior será a bênção recebida da parte de Deus e de acordo com o tamanho de sua fé a pessoa faz proporcionalmente a sua oferta, ou seja, quanto maior a quantia que se entrega na religião maior é a fé da pessoa e maiores serão as bênçãos recebidas, digo novamente que esse ensinamento É anti-bíblico.

  De acordo com eles, a prosperidade financeira é um sinal evidente das bênçãos de Deus sobre a vida de alguém, e para que alguém alcance da parte de Deus as riquezas(materiais) é preciso manifestar uma fé monetária.

A prova disso está na declaração do líder máximo desta religião feita em 1995 em entrevista à revista Veja comentando o crescimento da “Universal”, citando fora de contexto a passagem de 2 Coríntios 9:6, veja:
 
REVISTA VEJA - Quanto mais dinheiro se pagar na oferta, maior será a bênção a ser recebida de Deus?
MACEDO - “Segundo os 2 Coríntios 9:6, o apóstolo Paulo diz: "O que semeia pouco, pouco tambem ceifará. E o que semeia com fartura, com fartura ceifará". Eu ensino isso às pessoas. DE ACORDO COM O TAMANHO DA FÉ, A PESSOA FAZ A OFERTA. Para que alguém alcance as riquezas de Deus, é preciso manifestar uma fé. A fé no Deus vivo é o melhor investimento que uma pessoa pode fazer na vida.”
REVISTA VEJA - E se depois de tantas ofertas a promessa não se cumprir?
MACEDO - “Por que a Universal cresce? Porque está trazendo benefícios para as pessoas. Caso contrário, a igreja desapareceria. As pessoas estão recebendo. ESTÁ HAVENDO UMA TROCA COM O CRIADOR.”  


(Clique AQUI para ver a entrevista na íntegra no arquivo do site da revista VEJA.)


  Só que Macedo omite o versículo nove do mesmo texto(2 Coríntios 9) que ele citou: “Como está escrito: "Distribuiu, deu os seus bens aos necessitados; a sua justiça dura para sempre".
Ou seja, mesmo que Macedo tivesse a permissão de DEUS para recolher dízimos e ofertas dos cristãos, ele NÃO poderia: primeiro porque o texto que ele citou NÃO se refere a dízimos e sim a ofertas e segundo porque no verso nove DEUS diz que essas ofertas deveriam ser distribuídas ESPECIFICAMENTE entre o necessitados, coisa que ele e sua instituição religiosa não fazem.

  É assim que Edir Macedo passa este ensino anti-bíblico baseado no conceito de fazer trocas com DEUS.

  Macedo é taxativo ao dizer que as ofertas e dízimos são a chave que abre os tesouros da graça e do poder DEUS e continua dizendo:

“Quando nós pagamos o dízimo à Deus ele fica na obrigação de cumprir a sua palavra repreender os espíritos devoradores que desgraçam a vida do ser humano atuando nas doenças acidentes vícios degradação social em todos os setores da atividade humana os quais fazem o homem sofrer. Quando somos fiéis nos dízimos além de ficarmos livres desse sofrimento, passamos a gozar de toda a plenitude da vida neste mundo tendo Deus ao nosso lado nos abençoando em todas as coisas.”

 Fica claro aqui que todos os ensinamentos da “Universal” giram em torno da chamada Teologia da prosperidade que transmite esse conceito ANTI-BÍBLICO de entregar dízimos e ofertas na instituição religiosa com o intuito de fazer trocas com Deus.


Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com ) 


Compartilhar: 

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Quem são os desigrejados?

  O termo “desigrejado” é um termo muito usado atualmente principalmente pelos lideres religiosos e seus defensores, sempre denotando um sentido pejorativo e na maioria das vezes com a intenção de depreciar a atitude do “desigrejado” que abandonou o sistema religioso denominacional para continuar a viver sua vida cristã seguindo somente os preceitos do Evangelho de JESUS CRISTO e a doutrina dos Apóstolos, e totalmente livres da autoridade e das doutrinas estranhas à Palavra de DEUS que são impostas pelas religiões.

  Na minha opinião o termo mais apropriado para se aplicar a esses indivíduos que são libertos do sistema religioso através do conhecimento das verdades contidas na Palavra de DEUS seria o termo “desrreligionizado”.

  Torna-se necessário compreender que a igreja de CRISTO(Corpo de CRISTO) NÃO se constitui de membros de denominações(facções)religiosas, mas sim do conjunto de todos os que são salvos mediante a fé em JESUS CRISTO.

  A muito tempo que os líderes de religiões ensinam erradamente que a Igreja de CRISTO é um prédio de tijolos, concreto e vergalhão com uma placa “denominacional” pendurada na fachada deste prédio. Atitude simplesmente lamentável... Mas a Igreja de CRISTO NÃO é isto!(Atos 17:24)  

  A Igreja de CRISTO são pessoas!(1 Coríntios 12:27)

   Pessoas que abandonam as religiões para seguir somente o Evangelho de CRISTO e a Doutrina dos Apóstolos não podem ser chamadas de “desigrejadas” porque elas próprias são a igreja(1 Coríntios 12:27).

  Biblicamente falando, na verdade, os que seguem alguma religião qualquer é que são “desigrejados” porque abandonaram ou nunca conheceram a Sã Doutrina dos Apóstolos que nunca pregaram religião.


  Primeiro vamos analisar o que não é um desigrejado:
-NÃO é uma moda;
-NÃO é um movimento evangélico;
-NÃO é uma religião;
-NÃO é uma forma de “cristianismo informal”;
-NÃO é um “fenômeno mundial da pós-modernidade”;
-NÃO é um desviado(da Palavra de DEUS);
-NÃO é o que a própria palavra “desigrejado” aparenta ser;

  Na verdade o termo “desigrejado” está sendo largamente utilizado de maneira totalmente anti bíblica, isso porque, quem se faz membro de alguma denominação(facção) religiosa é que efetivamente É um desigrejado, porque abandonou ou nunca conheceu os moldes da igreja primitiva descrita em Atos dos Apóstolos.


   O texto bíblico mais utilizado pelos líderes de facções religiosas para depreciar quem abandona essas facções religiosas para viverem o cristianismo livres da religião é o texto de Hebreus 10:23-25, vejamos:
“Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.
E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,
Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.”

  Mas vamos então analisar esse texto de Hebreus 10:23-25:
De qual congregação o autor do texto de Hebreus 10:23-25 está falando? Com certeza ele NÃO está se referindo a nenhuma dessas facções religiosas que existem aos montes por aí, mesmo porque essas facções não existiam naquela época, ele está na verdade se referindo a congregação dos cristãos daquela época que se reuniam totalmente fora da religião e SOMENTE ao nome de JESUS CRISTO(e NÃO ao nome de alguma facção religiosa). 

  Quando alguém se faz membro de alguma facção religiosa, esse alguém NÃO está se reunindo somente ao nome de JESUS CRISTO como os cristãos da igreja primitiva, isso porque esse indivíduo está levando sobre si também o nome da facção religiosa da qual se fez membro e esse nome dessa facção religiosa está fazendo divisão entre esse indivíduo e os outros cristãos que não fazem parte de sua denominação religiosa.
   
  Os cristãos da época da igreja primitiva NÃO eram membros de religião!

  JESUS CRISTO e DEUS PAI NÃO ensinaram nem ordenaram aos cristãos a prática de proselitismo religioso(também descrito na Bíblia como "nicolaísmo"). Digo também que em Apocalipse 2:6 JESUS afirma que odeia a prática do nicolaismo).

  Veja o significado da palavra “nicolaíta”:
  Nico significa "conquistar" em grego e laíta significa "pessoas" (ou "povo"); essa palavra significa "conquistador de pessoas".
  Em grego "Nikao" significa "conquistar" e "laíta" é uma derivação "laikos" que vem de "laos" que significa "os "leigos", povo, a massa, a plebe, aquele que não tem conhecimento aprofundado da palavra de DEUS. 


  Em Apocalipse 2:6-15, eles eram mostrados nas cidades de Éfeso e Pérgamo. A Igreja de Éfeso foi elogiada por odiar os feitos dos Nicolaítas, e a Igreja de Pérgamo foi acusada de seguir os ensinamentos daqueles que tem as doutrinas dos Nicolaítas. 

  Quem se faz membro de uma religião é que, na verdade, é um "desigrejado", porque se você procurar a árvore genealógica das religiões cristãs, verá que o primeiro grupo de pessoas que abandonou os moldes da Igreja Primitiva descrita em Atos dos Apóstolos para criarem uma facção religiosa cristã foi a religião católica, sendo que dela saiu um grupo de pessoas para seguir a facção religiosa de Lutero, que por sua vez saiu um grupo de dentro da facção religiosa luterana para formarem a facção religiosa batista, saiu também da facção religiosa luterana um grupo de pessoas para formarem a facção religiosa calvinista, que por sua vez saiu um grupo de pessoas de dentro dos calvinistas para formarem a facção religiosa arminianista, que por sua vez foram saindo sucessivamente grupos de dentro de outros grupos formando assim novas facções religiosas até chegarem nas centenas(ou talvez milhares) de facções religiosas que existem atualmente.



...



  Aí eu te pergunto: essas divisões aconteceram com a aprovação de DEUS PAI e de SEU FILHO JESUS CRISTO? É claro que não! 

  Veja que quando alguém diz: “eu sou da universal”, ou “eu sou da católica”, ou “eu sou da batista, ou “eu sou da presbisteriana, ou “eu sou da assembleia de DEUS”, ou “eu sou da religião X, Y ou Z” na verdade está dizendo que pertence a uma facção religiosa que está criando divisões no corpo de CRISTO como está descrito em 1 Coríntios 3:3-7:
 “Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?
Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um?
Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.”

  Criar e/ou seguir facções religiosas(denominacionais) está totalmente em desacordo com os ensinamentos do Evangelho de JESUS CRISTO e das doutrinas dos Apóstolos.

  Por tudo o que foi mostrado até aqui fica fácil de entender quem realmente são os “desigrejados”.



Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com ) 

domingo, 9 de julho de 2017

O DÍZIMO EM "MATEUS 23:23"

  Quando algum líder religioso citar “Mateus 23:23” para tentar justificar a obrigatoriedade do ato de dizimar PARA OS CRISTÃOS, fique muito atento aos enganos desses falsos mestres, porque “Mateus 23:23” NÃO contem mandamentos sobre o dízimo PARA OS CRISTÃOS, mesmo porque na época em que ocorreu a cena descrita neste versículo ainda NÃO existiam os cristãos, ou seja, a igreja ou o corpo de CRISTO ainda NÃO existia.  



  Neste versículo JESUS CRISTO está falando com judeus pois SOMENTE o povo judeu tinha a ordenança da parte DEUS para praticarem o dízimo.

  Na verdade, posso afirmar sem medo de errar que NÃO existem mandamentos no Velho ou no Novo Testamento para os CRISTÃOS(que vivem de acordo com a Nova Aliança que foi dada por CRISTO) para praticarem o dízimo.

  A Igreja de CRISTO(CORPO DE CRISTO e NÃO religião denominacional) SOMENTE passou a existir depois que CRISTO subiu aos céus e o Espírito Santo desceu sobre os discípulos de CRISTO, como está descrito em “Atos dos Apóstolos”. Portanto, enquanto JESUS CRISTO pisava o chão deste planeta pregando seu Evangelho, a sua igreja ainda NÃO existia! JESUS CRISTO NÃO estabeleceu sua igreja enquanto estava aqui nesse mundo, na verdade ele estabeleceu seus apóstolos, e estes por sua vez, é que efetivamente estabeleceram a Igreja de CRISTO(CORPO DE CRISTO e NÃO religião denominacional).

  Para entender a questão do dízimo em “Mateus 23:23” primeiro precisamos(necessariamente) entender alguns preceitos como:

--- Em todo o contexto bíblico existem apenas três povos distintos aos olhos de DEUS que são: o povo HEBREU, o povo CRISTÃO e os povos PAGÃOS(ou gentios). Se você não souber a diferença entre eles, então ficará com problemas na interpretação de vários textos da Bíblia. 

Veja o que cada um é:
povo HEBREU:  é povo escolhido por DEUS aqui nesse mundo, esse povo passou a existir a partir da descendência de “Abraão”, que por sua vez descende de “Heber”, que descende de “Sem”(que era filho de “Noé”). A esse povo(e somente a esse povo) foi dado por DEUS toda a Lei de Moisés(que também é chamada de “Torá” ou “Pentateuco” que são os cinco primeiros livros da Bíblia que foram escritos por “Moisés”).

povos PAGÃOS(ou gentios): com exceção do povo “HEBREU” e do povo CRISTÃO, são todos os outros povos do planeta.

povo CRISTÃO: o povo cristão constitui-se de indivíduos tanto do povo “HEBREU” como dos povos “PAGÃOS” que abandonaram suas antigas práticas e crenças e se converteram ao evangelho de CRISTO JESUS e passaram a viver de acordo com a Nova Aliança.

--- A Lei de Moisés pertence a Antiga Aliança(Velho Testamento) e foi dada por DEUS SOMENTE para o POVO HEBREU.

--- O Dízimo NÃO consta como ordenança para os CRISTÃOS que vivem conforme a Nova Aliança dada por JESUS CRISTO. O Dízimo é uma das 613 ordenanças que estão na Lei de Moisés que foi dada por DEUS SOMENTE AO POVO HEBREU. É muito importante saber que de acordo com a Palavra de DEUS se você escolher viver de acordo com a Lei de Moisés, você estará OBRIGADO a praticar não somente o dízimo mas também todas as 613 ordenanças que constam nesta Lei e que se você tropeçar em qualquer um dos preceitos dessa Lei, será culpado de transgredir TODA a Lei, como está descrito em Tiago 2:10 - "Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos”. 



  Imagine só você ter que circuncidar seu filho ou ter que apedrejar até a morte as pessoas que cometeram adultério...

  Agora sim, depois de assimilar estes conceitos, você poderá compreender melhor que se você pretende ser um cristão que vive de acordo com a Nova Aliança dada por JESUS CRISTO, você está impedido pela Palavra de DEUS para praticar o ato de dizimar.

  Além disso, o que foi dito até aqui são apenas uma pequena pincelada sobre o assunto do Dízimo. Saiba que ainda existem muitos outros impedimentos na Palavra de DEUS para o CRISTÃO praticar o Dízimo.

  Se você está sedento pela verdade sobre esse assunto, um ótimo texto para ajudar na compreensão do dízimo desde a sua origem está neste LINK: “ ENTENDENDO O DÍZIMO “, clique nele e boa leitura.



Que a paz e a graça do nosso Senhor JESUS seja com você, e que o ESPÍRITO SANTO te conduza em suas decisões.


Não se deixe enganar. Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!



Anderson RS

sábado, 1 de julho de 2017

Como é que se Deve Adorar a DEUS?

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.”
João 4:23,24


Mas, biblicamente, o que é adorar? Como se deve proceder para fazer uma adoração a DEUS e ao seu filho JESUS CRISTO de acordo com o que a Palavra de DEUS ensina?

Primeiro vamos mostrar o que NÃO é adoração:

Orar NÃO é adorar;
Louvar NÃO é adorar;
Cantar NÃO é adorar;
Tocar instrumentos NÃO é adorar;
Viver NÃO é adorar;
Frequentar templos de religiões NÃO é adorar;
Ajudar os necessitados NÃO é adorar; 

Dar o dízimo NÃO é adorar; 
Pregar NÃO é adorar;
Etc... NÃO é adorar;


O único ato que efetivamente é descrito na Bíblia como sendo de fato uma atitude de adoração a DEUS é:

 DOBRAR OS JOELHOS E SE ENCURVAR COM O ROSTO AO CHÃO REPETIDAS VEZES.


Vamos perguntar para a Bíblia o que é, e como proceder para adorar a DEUS?

Vejamos então alguns versículos bíblicos:



E Moisés apressou-se, e inclinou a cabeça à terra, adorou, Êxodo 34:8

E qualquer que não se prostrar e não a adorar, será na mesma hora lançado dentro da fornalha de fogo ardente. Daniel 3:6

E acabando de o oferecer, o rei e todos quantos com ele se achavam se prostraram e adoraram. 2 Crônicas 29:29

Agora, pois, se estais prontos, quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, para vos prostrardes e adorardes a estátua que fiz, bom é; mas, se não a adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro da fornalha de fogo ardente. E quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos? Daniel 3:15

Então inclinou-se aquele homem e adorou ao Senhor, Gênesis 24:26

 (...)e inclinaram suas cabeças, e adoraram ao Senhor, com os rostos em terra. Neemias 8:6

Então o rei Ezequias e os príncipes disseram aos levitas que louvassem ao Senhor com as palavras de Davi, e de Asafe, o vidente. E o louvaram com alegria e se inclinaram e adoraram. 2 Crônicas 29:30

E todos os filhos de Israel vendo descer o fogo, e a glória do Senhor sobre a casa, encurvaram-se com o rosto em terra sobre o pavimento, e adoraram e louvaram ao Senhor, dizendo: Porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre. 2 Crônicas 7:3

E o povo creu; e quando ouviram que o Senhor visitava aos filhos de Israel, e que via a sua aflição, inclinaram-se, e adoraram. Êxodo 4:31

Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou. Êxodo 12:27

E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Mateus 4:9

E aconteceu que, entrando Pedro, saiu Cornélio a recebê-lo, e, prostrando-se a seus pés o adorou. Atos 10:25

E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre. Apocalipse 5:14

E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus, Apocalipse 7:11

E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, Apocalipse 11:16

E os vinte e quatro anciãos, e os quatro animais, prostraram-se e adoraram a Deus, que estava assentado no trono, dizendo: Amém. Aleluia! Apocalipse 19:4





Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com )

A Prática do Dízimo é um Ato de Adoração?

  Com todo respeito meu amigo leitor, a prática do dízimo nunca foi um ato de adoração, o único ato descrito na Bíblia como sendo de fato uma atitude de adoração a DEUS é:
 dobrar os joelhos e se encurvar com o rosto ao chão repetidas vezes, como por exemplo a passagem descrita em Apocalipse 4:10. 



  Já a questão do dízimo, este sim foi com toda certeza uma obrigação somente para o povo judeu. 

  Eu por exemplo não sou contra o dízimo, pois entendo que cada um tem o direito de fazer o que bem entender com seu suado e honesto dinheiro. Mas uma coisa que eu não aceito é ver líderes religiosos engodando os cristãos lhes dizendo que o dízimo é uma obrigação para os cristãos porque isso é uma grande mentira ou na melhor das hipóteses um grande engano. 

  O dízimo sempre foi uma obrigação somente para o povo judeu e nunca para o cristão que quer viver em acordo com a Nova Aliança. 

Clique neste LINK leia a matéria “Entendendo o Dízimo” para você ver de fato todo o embasamento Bíblico sobre o dízimo.

  Mas se alguém quer teimara em recosturar o véu, ignorando os preceitos do Evangelho de JESUS CRISTO e da Sã Doutrina dos Apóstolos e assim retrocedendo para as práticas que eram obrigação somente para os judeus que viviam de acordo com a Velha Aliança, que assim seja, pois isso já vem acontecendo desde a época da igreja primitiva e só terá fim quando JESUS voltar. 
 

A vida segue. 



Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com ) 

sexta-feira, 30 de junho de 2017

O Que é Igreja?

  A palavra “igreja” origina-se da palavra grega “eklesia” cujo significado é simplesmente “reunião de pessoas”. Quando se pensa em igreja (no contexto bíblico) não se pensa em “prédios” ou em “nomes de religiões”, biblicamente falando, igreja são pessoas. 


  Na Bíblia NÃO existe versículo algum que mostre de maneira clara ou implícita a criação de alguma religião qualquer por parte de JESUS CRISTO ou dos apóstolos.


  Mas aí você poderá perguntar: “e as sete igrejas citadas em Apocalipse?”. 

  Calma, eu explico: as igrejas citadas em Apocalipse são pessoas, são as pessoas que estão reunidas SOMENTE AO NOME DE JESUS(e não ao nome de alguma religião qualquer), veja o exemplo: “ a igreja de Éfeso”, essa é uma qualificação geográfica que NADA tem haver com o nome de alguma religião seja ela qual for. 

  Os cristãos que viveram nos tempos dos apóstolos receberam esse nome de “cristãos” não porque se reuniam em algum templo religioso ou porque eram membros de alguma religião qualquer, mas sim porque eles eram imitadores de CRISTO.

  Para entendermos muitos aspectos de muitos assuntos descritos nos textos bíblicos, precisamos obrigatoriamente aprender a fazer separação de algumas coisas que são distintas entre si, como:

-Judeu e cristão: judeu é uma coisa e cristão é outra coisa;

-Antiga Aliança e Nova Aliança: a Antiga Aliança foi proposta por DEUS somente para os judeus e Nova Aliança foi proposta por DEUS para todo e qualquer povo, língua ou nação.

-Lei de Moisés e Evangelho de JESUS CRISTO: a Lei de Moisés foi dada por DEUS somente para os judeus e o Evangelho de JESUS CRISTO foi dado por DEUS para todo e qualquer povo, língua ou nação.

Tem assuntos e mandamentos que são somente para o povo judeu e tem coisas que são para o cristão.


Se não aprendermos a fazer essas distinções fica difícil compreender muitos textos bíblicos.

  Onde estão os templos que foram construídos por ordem de DEUS? Estão todos destruídos!
O próprio DEUS que ordenou que fossem construídos fez com que fossem destruídos. 


  A ordem de DEUS para construir templos foi dada SOMENTE para os judeus. 

  NÃO há na Bíblia ordenanças da parte de DEUS PAI nem de JESUS CRISTO para os CRISTÃOS construirem templos ou criarem religiões.

  JESUS CRISTO NÃO pregou ou ensinou religião. Diga-se inclusive, que a única classe de pessoas que o SALVADOR reprovava e combatia batendo de frente era a dos líderes da religião judaica, e estes tramaram a morte do Salvador.

  Pessoas que abandonam as religiões para seguir somente o Evangelho de CRISTO e a Doutrina dos Apóstolos não podem ser chamadas de “desigrejadas”, porque elas próprias são a igreja.

  Acho que o termo mais correto seria: “desrreligionisado”. Biblicamente falando, na verdade, os que seguem alguma religião qualquer é que são “desigrejados” porque abandonaram ou nunca conheceram a Sã Doutrina dos Apóstolos, que nunca pregaram religião.




Não se deixe enganar... Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!


Anderson R.S.( fortenarocha@gmail.com ) 

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Baixar Coletânea de Livros Apócrifos:

 
Existe muita informação, muito que aprender nos livros rotulados de "Apócrifos" pela religião católica romana que foi estabelecida pelo imperador romano PAGÃO Constantino. 
Quem tem o Espírito saberá discernir e reter o que é bom. Boa leitura!

O arquivo está em ".zip", será necessário ter instalado em seu PC um programa descompactador para descompactá-lo. 
Caso seu PC não tenha nenhum programa descompactador instalado, primeiro clique em um dos links abaixo para fazer 
o download do mesmo:
WinRAR 5.40
ou
7-Zip 16.04 

Caso você faça o download no seu celular, terá de baixar o descompactador na Play Store.

Despois de instalar o descompactador em seu PC, clique com botão direito do mouse no arquivo baixado 
"Coletanea Livros-Apocrifos=.zip" e selecione "descompactar" ou "extrair" ou "extrair aqui" ou "extract here". Pronto.

quinta-feira, 30 de março de 2017

O Dízimo na Carta aos Hebreus




  Quando algum líder religioso citar a Carta aos Hebreus(mais especificamente o capitulo 7)para tentar justificar a obrigatoriedade do ato de dizimar para os cristãos, fique muito atento aos enganos desses falsos mestres, porque a Carta aos Hebreus além de NÃO conter mandamentos sobre o dízimo PARA OS CRISTÃOS, o próprio nome da carta já diz tudo:

  Carta AOS HEBREUS, ou seja o autor dessa carta está se dirigindo exclusivamente aos hebreus(povo judeu) e NÃO aos povos gentios(*) convertidos ou não ao Evangelho de CRISTO.

povos gentios(*):  A palavra gentio designa um não israelita e deriva do termo latino gens (significando "clã" ou um "grupo de famílias") e é, muitas vezes, usada no plural. Os tradutores cristãos da Bíblia usaram esta palavra para designar coletivamente os povos e nações distintos do povo Israelita(povo judeu).

  O autor da Carta aos Hebreus está se dirigindo ao único povo do mundo(povo judeu) que tem a ordenança de DEUS para pagar e receber dízimos.

  NÃO EXISTE mandamento na Bíblia  para os cristãos dizimarem.

  SOMENTE O POVO JUDEU tinha a ordem de DEUS para dizimarem.

  Para compreender melhor, comece a ler do início do capítulo 6 e vá até o final do capítulo 8 para poder contextualizar.

  Um ótimo texto para ajudar na compreensão do dízimo desde a sua origem está neste LINK: “ ENTENDENDO O DÍZIMO “, clique nele e boa leitura.



Que a paz e a graça do nosso Senhor JESUS seja com você, e que o ESPÍRITO SANTO te conduza em suas decisões.


Não se deixe enganar. Fique forte na rocha, JESUS CRISTO é a rocha verdadeira!



Anderson RS



domingo, 26 de março de 2017

As Religiões e o Dízimo

Com todo respeito, mas muitas coisas neste mundo são vergonhosas como por exemplo fazer afirmações sem conhecimento e respaldo bíblico(ou talvez até com o intuito de enganar a outrem) como fazem os falsos mestres e profetas.


Todo “servo” do CRIADOR e do SALVADOR deve se esforçar para entender, viver e ensinar bem a Palavra de DEUS(2 Timóteo 2:15).


A bíblia ensina que DEUS não criou e não se agrada de nenhuma religião, diga-se de passagem, que a única religião descrita na Bíblia que foi criada por DEUS, foi a religião judaica, e mesmo assim, podemos dizer(resumidamente) que a mesma perdeu sua validade, primeiro por causa do sacrifício de JESUS na cruz( Mateus 27:50, Hebreus 7:12-18) segundo porque a religião judaica dependia do templo mas ele foi destruído. Desde então a única religião pura e imaculada diante de DEUS descrita na Bíblia para ser seguida pelos cristãos é a descrita em Tiago 1:27.


Podemos dizer também, que até a própria palavra “religião” ,do ponto de vista da Palavra de DEUS, é uma palavra mentirosa e que propaga um sentido enganoso, porque ela tem a sua origem na cultura pagã( MUNDANA! ) romana, que de acordo com Lucio Célio Firmiano Lactâncio, intelectual e conselheiro de Constantino( antigo imperador da Roma pagã ) o termo religião deriva da palavra "religare" que significa "religar" e que, portanto trata-se de um laço de piedade que serve para religar os seres humanos a Deus, ou seja: a palavra RELIGIÃO deriva do termo latino "Re-Ligare", que significa "religação" com o divino.


Assim sendo, podemos afirmar que o significado da palavra “Religião” está em desacordo com a palavra de DEUS, porque somente JEUSUS CRISTO tem o poder de religar o homem a DEUS PAI.


A Bíblia ensina que como corpo de CRISTO somos todos iguais e que não devemos estabelecer nem exercer liderança religiosa(Mateus 23:1-12).


O dízimo NÃO é ensinado na Bíblia como sendo uma obrigação ou mandamento PARA OS CRISTÃOS, pois era somente para o povo judeu.  

Para entender de uma vez por todas a questão do dízimo desde a sua origem, clique neste link e leiaENTENDENDO O DÍZIMO


Também não há no Novo Testamento promessas de bênçãos materiai$ para o cristão, promessas de bênção materiai$ existiam somente no Antigo Testamento e eram destinadas somente ao povo judeu e NÃO aos povos gentios, convertidos ou não ao Evangelho de CRISTO.

JESUS sempre ensinou para NUNCA buscarmos bênçãos materiais(Mateus 19:21-24, Mateus 6:19-20, 1 Timóteo 6:8-10).

E quanto a questão dos “desigrejados”, bom, esse é mais um termo criado por líderes religiosos que, com medo de perder seguidores(que são $ua fonte de renda) inventaram para poder acusar de rebeldia os que descobrem as verdades da Palavra de DEUS e abandonam as religiões para seguirem apenas a JESUS e as doutrinas dos apóstolos.


Mas a Bíblia nos mostra que é impossível “desigrejar” a verdadeira igreja, porque a verdadeira igreja são pessoas, todo aquele que professa CRISTO como seu senhor e salvador é membro do corpo de CRISTO, e é em si mesmo o templo onde habita o Espírito de DEUS(1 Coríntios 3:16), você é a igreja, eu sou a igreja.



Templos feitos por mãos de homens NÃO é igreja e o Espírito de DEUS NÃO habita nestes prédios(Atos 17:24). Respeitosamente, um abraço a todos.




Anderson RS






sábado, 25 de março de 2017

Vamos entender Mateus 5:17

Disse JESUS: -"Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir.


A “Lei de Moisés” foi ditada por DEUS a Moisés durante a travessia no deserto(que durou cerca de quarenta anos) a caminho para a terra prometida(Canaã), depois de terem sido libertos os judeus da escravidão no Egito. A “Lei de Moisés” também é conhecida como Torá ou Pentateuco(os cinco livros do Antigo Testamento escritos por Moisés)constituindo-se de 613 mandamentos.


Em Tiago 2:10 diz: Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de transgredir toda a Lei.


De forma resumida e abreviada podemos dizer que o cerne(parte central, principal) da Lei de Moisés é que:


DEUS ordenou que para o judeu conseguir o perdão de seus pecados, teria obrigatoriamente que trocar o sangue de um animal perfeito(sem defeitos) e inocente, que deveria ser sacrificado a DEUS pelo perdão de seu pecado, ou seja, não há perdão de pecados se não houver o derramamento de sangue de um inocente.


  Essa era a forma exigida pela justiça de DEUS para o judeu conseguir o perdão dos seus pecados.


  Toda a cerimonia dos sacrifícios dos animais eram executadas pelos sacerdotes que deveriam ser obrigatoriamente homens descendentes da tribo de Levi.


Sendo assim, o povo judeu tinha que sacrificar constantemente animais para serem perdoados por seus pecados, isso porque é impossível para o homem cumprir toda a lei.


  A questão do dízimo também está intimamente relacionada a este fato, mas isso é assunto para uma outra ocasião...

  Quando JESUS se fez homem e veio habitar neste mundo ele era judeu, e nesta condição de judeu Ele também seguiu os mandamentos da Lei de Moisés.

  Assim sendo, a Lei de Moisés vigorou até o exato momento em que JESUS gritou na cruz “Está consumado”, ou seja Ele que é inocente e sem pecado(perfeito), entregou sua vida, seu sangue pelo perdão dos pecados de toda humanidade.


  JESUS cumpriu em nosso lugar toda a Lei de Moisés, derramando seu PRECIOSO sangue sacrificando-se para DEUS PAI para que todos(sem distinção) consigam o perdão de seus pecados e a salvação eterna através da fé no nome de JESUS.

  Toda a Lei de Moisés foi cumprida(e finalizada) na cruz por JESUS, e hoje ela não vigora mais. Hoje ninguém mais precisa continuar a sacrificar animais, mesmo porque essa era uma ordenança dada por DEUS  SOMENTE para o povo judeu e que também, se alguém quiser continuar a sacrificar animais estará desprezando o sacrifício do sangue de CRISTO derramado na cruz e para este não haverá salvação, porque desprezou o sacrifício de CRISTO. 


  Sendo assim, ninguém mais precisa seguir toda a Lei para ser aceito por DEUS PAI.


  A Lei de Moisés foi feita exclusivamente para o povo judeu e JESUS veio primeiro para seu povo escolhido(o povo judeu) mas foi rejeitado, e por causa disso sua graça salvadora passou a abranger todos os povos, raças e nações.


  Se alguém quiser continuar seguindo a Lei, terá que continuar a sacrificar animais(além de ter que cumprir todos os 613 mandamentos dela) e assim estará desprezando a sacrifício de JESUS na cruz, e dessa maneira não conseguirá a salvação eterna porque desprezou o sacrifício de CRISTO.


    Todo cristão que crê em JESUS CRISTO como seu único e suficiente salvador, e vive de acordo com a Nova Aliança, está livre da obrigação de ter que seguir a Lei de Moisés.







Ore a DEUS e Ele lhe concederá entendimento.

Um abraço a você, querido leitor.




Anderson RS

"Desmascarando a Biblia"- Fatos cintíficos e arqueológicos que comporovam a veracidade da Bíblia.

Clique Aqui para Baixar Coletânea de Livros Apócrifos:

Clique Aqui para Baixar Coletânea de Livros Apócrifos:
Existe muita informação, muito que aprender nos livros rotulados de "Apócrifos" pela religião católica romana que foi estabelecida pelo imperador romanano PAGÃO Constantino. Quem tem o Espírito saberá discernir e reter o que é bom. Boa leitura!

Clique Aqui para Ler Entendendo o Dízimo:

Clique Aqui para Ler Entendendo o Dízimo:
Clique Aqui para Ler Entendendo o Dízimo:

KKKKKK...

Desafio bíblico para os defensores da teologia da prosperidade

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

ARQUIVO DE TODAS POSTAGENS: